Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Reitoria > 2021 > julho > IF Sudeste MG atinge marca de mil atendimentos a pedidos de acesso à informação
conteúdo

Geral

IF Sudeste MG atinge marca de mil atendimentos a pedidos de acesso à informação

Acontecimento se dá no mesmo ano em que a Lei de Acesso à Informação completa uma década. Índice de satisfação de usuários é de 4,35.
publicado: 26/07/2021 14h58, última modificação: 26/07/2021 15h07
#pratodosverem: a imagem apresenta, sobre fundo branco, a logomarca representativa da Lei de Acesso à Informação. Trata-se de um balão amarelo de diálogo, com a letra I em verde, representando tanto a própria letra quanto uma pessoa (o pingo seria a cabeça). O balão é acompanhado das palavras Acesso à Informação escritas em verde, do lado direito.

#pratodosverem: a imagem apresenta, sobre fundo branco, a logomarca representativa da Lei de Acesso à Informação. Trata-se de um balão amarelo de diálogo, com a letra I em verde, representando tanto a própria letra quanto uma pessoa (o pingo seria a cabeça). O balão é acompanhado das palavras Acesso à Informação escritas em verde, do lado direito.

O IF Sudeste MG acaba de atingir a marca de mil pedidos de acesso à informação atendidos pelo sistema FalaBr. A instituição aderiu à proposta governamental em 16 de maio de 2012 e vem se destacando não apenas pela qualidade do atendimento, mas também pela agilidade: o índice médio de satisfação do usuário em relação às respostas é de 4,35 (escala de 0 a 5), enquanto o tempo médio de atendimento é de 12 dias, três a menos que a média nacional.

Segundo a autoridade de Monitoramento da Lei de Acesso à Informação (LAI), a auditora Maria Luiza Firmiano Teixeira, a marca de mil atendimentos é duplamente simbólica, considerando-se que, em 2021, a LAI completa dez anos de existência. Datada de 18 de novembro de 2011, a Lei regulamenta o direito constitucional de acesso dos cidadãos às informações públicas e representa um importante avanço rumo à consolidação do regime democrático brasileiro e para o fortalecimento das políticas de transparência pública.

Um dos instrumentos para a aplicação da LAI é o FalaBr, inicialmente denominado E-sic, por meio do qual mais de um milhão de pedidos de informação já foram feitos ao Poder Executivo. No ranking dos mais demandados, o IF Sudeste MG encontra-se na 163ª posição, dentre 305 instituições que adotam o sistema instituído pela Controladoria Geral da União (detalhes podem ser obtidos no Painel que mostra o panorama da Lei de Acesso à Informação no Poder Executivo Federal).

“Desde 2012, o IF Sudeste MG intenta esforços para o melhor cumprimento da LAI, tendo, a cada ano, buscado melhorar seus índices relativos ao atendimento dos cidadãos no âmbito do Serviço de Informação ao Cidadão, bem como de itens de transparência ativa”, relatou Maria Luiza. Ela acredita que os resultados somente foram possíveis pela cooperação e empenho dos setores e servidores do IF Sudeste MG, destacando o quanto colaboram efetivamente com o Serviço de Informação ao Cidadão e com a transparência pública.

Saiba mais sobre o Serviço de Acesso à Informação no IF Sudeste MG

Sobre a LAI

A LAI estrutura o tratamento das informações no âmbito da Administração Pública, determinando a observância de três grandes linhas: gestão transparente da informação, proteção da informação quanto à sua disponibilidade, autenticidade e integridade e proteção da informação classificada e informação pessoal. Além disso, cria o Serviço de Informação ao Cidadão, um serviço cuja finalidade específica é atender aos pedidos de informação oriundos de qualquer pessoa, independentemente da razão que a move.