Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Barbacena > IF Cultural celebra diversidade cultural e 109 anos do Campus Barbacena
conteúdo

Destaque

IF Cultural celebra diversidade cultural e 109 anos do Campus Barbacena

publicado: 21/11/2019 17h31, última modificação: 22/11/2019 08h50
Exibir carrossel de imagens
  • _MG_8184.JPG
  • "> _MG_8056.JPG
  • "> _MG_8106.JPG
  • "> _MG_8132.JPG
  • "> _MG_8136.JPG
  • "> _MG_8184.JPG
  • "> _MG_8214.JPG
  • "> _MG_8230.JPG
  • "> _MG_8412.JPG
  • "> IMG_7925.JPG
  • "> IMG_7930.JPG
  • "> IMG_7939.JPG
  • "> IMG_7953.JPG
  • "> IMG_7995.JPG
  • "> IMG_8001.JPG
  • "> IMG_8002.JPG
  • "> IMG_8003.JPG
  • "> IMG_8175.JPG
  • "> IMG_8274.JPG
  • "> IMG_8302.JPG
  • "> _MG_8376.JPG
  • "> _MG_8399.JPG

Nesta quarta-feira, dia 20 de novembro, o Campus Barbacena recebeu as apresentações do IF Cultural. Na parte da manhã, os alunos dos Cursos Técnicos Integrados ao Ensino Médio expuseram trabalhos sobre 18 países falantes das línguas inglesa, espanhola ou portuguesa. Já na parte da tarde, os discentes fizeram apresentações de dança trazendo os estilos musicais e a cultura de cada país. O evento teve como objetivo desenvolver habilidades referentes às artes plásticas dos alunos e expor para a comunidade local e acadêmica a diversidade artística que os discentes do Campus Barbacena possuem. 

“O que eu acho mais interessante no projeto é a forma que ele possibilita o trabalho em equipe e melhora a convivência de todos. E pra nós do terceiro ano, é ainda mais legal, porque encerra uma grande etapa na nossa vida escolar e ainda nos dá a oportunidade de aprender.” , declarou Maria Clara Vieira, aluna do terceiro ano em Química. 

As apresentações teóricas e artísticas foram julgadas por 40 jurados e os resultados foram:

Primeiro lugar: Brasil, terceiro ano  do Curso Técnico em em Química Integrado ao Ensino Médio

Segundo lugar: Guiné-Bissau, terceiro ano do Curso Técnico  em Hospedagem Integrado ao Ensino Médio

Terceiro lugar: Espanha, segundo ano do Curso Técnico em Hospedagem Integrado ao Ensino Médio

Natália Oliveira é professora do Campus Barbacena, participou dos preparativos do evento e foi jurada. Para ela, as apresentações foram de grande valor pedagógico.”Os alunos abraçaram o IF Cultural sem sair da rotina escolar e isso me deixou muito impressionada. O quanto eles se empenharam e se dedicaram para fazer as apresentações sem diminuir a carga horária escolar. Além disso, o mais interessante do festival foi a diversificação de temas e países. O ponto chave do festival foi mostrar culturas que não são muito conhecidas.”

“Eu agradeço à todos que colaboraram para a execução do festival. Gratidão é a palavra que me define hoje.” , finalizou a professora e Coordenadora do IF Cultural, Vanessa Lima. 

As festividades não pararam por aí

No final da tarde, antes da premiação do IF Cultural, o ginásio recebeu a solenidade de comemoração dos 109 anos do Campus Barbacena. Estavam presentes o Reitor do IF Sudeste - MG Charles Okama de Souza e o Diretor-Geral do Campus Barbacena professor Marcelo José Milagres de Almeida. 

“O aniversário de 109 anos do Campus Barbacena é motivo de muito orgulho para todos os servidores do Instituto Federal. Demonstra a importância dessa instituição, não só para Barbacena, mas para a região. O Campus Barbacena hoje é um dos maiores campi do Instituto Federal e também da rede federal. 109 anos significa uma história de muitas conquistas, muitas transformações e muita importância para a educação pública gratuita desse país.” , declarou o Reitor, Charles Okama de Souza.

Além disso, os servidores aposentados Marcelo Zozimo, Vilma Azevedo, Rosemaire Fernandes, Dalton Barbosa, Jorge Baumgratz, Marcilea de Almeida e Rita de Cássia Casagrande foram homenageados pelos serviços prestados à Instituição.

“Estou muito feliz com a homenagem. O IF foi um lugar em que trabalhei e me esforcei muito. Foi uma forma muito bonita de reconhecer o meu trabalho e dos meus outros colegas.”, afirmou Vilma Azevedo.

Foi entregue também a Medalha do Mérito Diaulas Abreu. A Medalha foi criada em 2010, em homenagem aos 100 da instituição. Tem como finalidade gratificar as pessoas físicas ou jurídicas, nacionais ou estrangeiras, que pela dedicação e trabalho prestados à Instituição tenham se tornado merecedores do especial reconhecimento do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sudeste de Minas Gerais.

Os medalhistas foram: Roseli Auxiliadora Barroso, na categoria docente, Maria Glória de Jesus, na categoria técnico administrativo e Marcelo José Milagres de Almeida, na categoria ex-aluno. 

 “Pra quem foi aluno dessa escola e hoje professor na frente da gestão da instituição, não dá pra expressar a felicidade. Essa medalha simboliza o reconhecimento de todo o esforço feito por essa Instituição.” finalizou Marcelo. 

 

registrado em: