Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Santos Dumont > Aluno do Campus Santos Dumont obtém bom resultado em torneio de xadrez do e-JEMG
conteúdo

Geral

Aluno do Campus Santos Dumont obtém bom resultado em torneio de xadrez do e-JEMG

Augusto Macêdo, do 3º ano de Eletrotécnica integrado ao Ensino Médio, terminou o módulo II do torneio na oitava posição
publicado: 04/01/2021 14h10, última modificação: 04/01/2021 14h41
#pratodosverem: Imagem mostra tabuleiro de xadrez com peças.

#pratodosverem: Imagem mostra tabuleiro de xadrez com peças.

Os Jogos Escolares de Minas Gerais se adaptam às restrições da pandemia e são realizados em plataformas virtuais. No e-JEMG (nome em referência às competições dos chamados esportes eletrônicos promovidas em ambiente on-line), uma modalidade em especial sofreu um impacto menor no que diz respeito às características do jogo: o xadrez, disputado pelo site chess.com, com regras e exigências preservadas. O estudante Augusto Macêdo, do Campus Santos Dumont do IF Sudeste MG, destacou-se no Módulo II do xadrez masculino (alunos de 15 a 17 anos), obtendo a oitava colocação entre os mais de 100 participantes do torneio.

O resultado do torneio está disponível aqui

Considerando apenas os alunos de Institutos Federais mineiros que competiram na categoria, Augusto, que está no 3º ano do curso técnico em Eletrotécnica integrado ao Ensino Médio, foi o mais bem colocado na classificação final. No Campus Santos Dumont, o estudante participa de atividades promovidas já há algum tempo pelo Clube de Xadrez. "Antes de entrar no clube, eu conhecia apenas os movimentos das peças. Quem me ensinou as estratégias do jogo foi o (então) bolsista do projeto (o ex-aluno do IF Guilherme Marques), além das pessoas que iam lá para jogar", conta Augusto.

Ainda que o xadrez na plataforma virtual preserve a essência do jogo, o estudante relata algumas diferenças entre a competição on-line e a experiência presencial. "Em um campeonato on-line, não temos as interações sociais. Apenas podemos comentar pelo chat. Presencialmente, podemos conversar com as pessoas e fazer amizades. No campeonato on-line, também podemos ver a pontuação dos jogadores e, se for muito maior que a sua, você coloca muito mais energia no jogo", explica o futuro técnico em Eletrotécnica.

Neste período, ainda condicionado pela pandemia, as atividades e dicas do Clube de Xadrez, sob orientação dos professores Sandro Farias e Carlos Artur Leal, estão acessíveis a todas as pessoas por este grupo no WhatsApp:  http://umzap.com/CLUBEDEXADREZ.

registrado em: