Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Ubá > Prevenção da Covid-19: Campus Avançado Ubá cria capa para poltronas de transporte coletivo
conteúdo

Destaque

Prevenção da Covid-19: Campus Avançado Ubá cria capa para poltronas de transporte coletivo

publicado: 13/07/2020 21h28, última modificação: 14/07/2020 07h08
Produto é resultado de projeto de extensão tecnológica e soma forças às ações institucionais de enfrentamento à pandemia.

#pratodosverem: na foto, é mostrada uma poltrona acolchoada toda coberta com uma capa branca. Ela está no interior de um veículo, ao lado de outra, que está coberta apenas parcialmente na parte superior (altura da cabeça de um passageiro sentado).Pesquisas já demonstraram que os transportes públicos são o segundo principal ambiente com maior risco de transmissão da Covid-19*. Pensando nisso, o IF Sudeste MG - Campus Avançado Ubá desenvolveu uma capa especial para poltronas de ônibus convencionais. O produto possibilita a cobertura completa do assento e minimiza, assim, o contato do passageiro com a poltrona, medida capaz de aumentar a proteção contra microrganismos diversos existentes no ambiente de transporte coletivo.

A capa foi criada a partir de um projeto de extensão tecnológica fomentado pelo Edital 03/2019 da Pró-Reitoria de Extensão do IF Sudeste MG. Ele foi desenvolvido em parceria com a empresa Parati Turismo e coordenado pela professora do Campus Avançado Ubá, Gisele Freitas, que contou com apoio e orientação do técnico administrativo Gilson Soares Toledo. O projeto teve, ainda, a participação das alunas da mesma unidade, Isabela Cristina de Souza e Fabiana Vitória da Silva Dias (ambas do curso Técnico em Administração) e da aluna do curso Técnico em Design de Móveis do IF Sudeste MG - Campus Juiz de Fora, Tatiane Maria do Nascimento. 

“Nota-se que ao longo das viagens, várias pessoas sentam, comem, dormem nas poltronas e o processo de higienização é caro e demorado para as empresas de transporte”, destacou Gisele. Por isso, ela acredita que o projeto possibilitou a construção de um produto de proteção importante no contexto de pandemia vivido atualmente, beneficiando e proporcionando um ambiente mais saudável a toda sociedade, em particular, aos usuários e aos trabalhadores do transporte coletivo. O material utilizado na confecção é a elanca, por ser já utilizada pelas empresas de ônibus e por ter baixo custo. Além disso, ela pode ser usada com outros tecidos de alta tecnologia. 

Mas os benefícios não se limitam ao produto final. Segundo a coordenadora, o projeto de extensão tecnológica possibilitou às discentes envolvidas o desenvolvimento de habilidades e competências na realização de todas as etapas de criação e elaboração de um produto, cujo trabalho demandou criação, ideias, pesquisa de mercado, gestão de custos e, principalmente, integração com a comunidade, em uma relação dialógica de trabalho extensionista e de aprendizagem. Por fim, permitiu a interação entre IF Sudeste MG – Campus Avançado Ubá e uma empresa local, permitindo a descoberta de uma solução adequada e benéfica para todos os envolvidos.

Outras informações sobre o projeto podem ser obtidas diretamente com a professora Gisele Freitas, pelo e-mail gisele.freitas@ifsudestemg.edu.br.  

*Fonte: UFMG

registrado em: , , , ,