Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Juiz de Fora > 2019 > 07 > Processamento da biomassa residual pode gerar energia elétrica e térmica
conteúdo

Pesquisa

Processamento da biomassa residual pode gerar energia elétrica e térmica

O professor Michael de Oliveira Resende, no Núcleo de Eletricidade, esteve junto com seus alunos no Paraná e nos Estados Unidos para apresentar algumas de suas pesquisas.
publicado: 02/07/2019 13h55, última modificação: 10/07/2019 13h58

Três pesquisas do Campus Juiz de Fora foram apresentadas entre os dias 25 e 27 de junho no Congresso Internacional de Biomassa, em Curitiba (PR). Todas elas foram orientadas pelo professor Michael de Oliveira Resende, do Núcleo de Eletricidade, e demonstraram que o processamento de resíduos oriundos da biomassa pode gerar energia elétrica e térmica. 

A estudante Giovana Valadão, do curso de Engenharia Mecatrônica, desenvolveu o trabalho intitulado “Análise experimental de um gaseificador de biomassa” a partir dos dados disponíveis na dissertação de seu orientador. Foram analisadas a composição e o poder calorífico do gás produzido a partir do processo termoquímico do eucalipto. “Conseguimos avaliar a utilização dessa tecnologia para gerar energias elétrica e térmica, utilizando esse gás de síntese gerado”, explica Resende.

As outras pesquisas foram desenvolvidas por ex-alunos do Campus quando estavam na graduação, também em Engenharia Mecatrônica. Elias Gabriel Magalhães Silva, atualmente mestrando do programa de Bioenergia da Universidade Federal do Paraná (UFPR), apresentou o trabalho “Análise de produção de energia elétrica via biomassa residual de serraria". Já Augusto Cesar Laviola de Oliveira, integrante do mestrado em Engenharia Agrícola da Universidade Federal de Viçosa (UFV), desenvolveu o pôster "Estudo do potencial de geração de energia elétrica através da biomassa residual de uma pequena propriedade rural da zona da mata mineira".

Para Resende, a participação em eventos acadêmicos contribui para a formação dos estudantes e estimula a formação continuada. “Vejo essa importância refletida até mesmo nos nossos dois ex-alunos que seguiram a área acadêmica, participando de programas de mestrado em universidades de renome nacional e internacional e que desde a graduação já participavam de eventos nesse nível”, explica o professor que no final de maio esteve nos Estados Unidos para apresentar um trabalho desenvolvido por outro ex-aluno.

Ele participou do congresso "Energy and Society in Transition: 2nd International Conference on Energy Research and Social Science", na Universidade do Estado do Arizona. Foi apresentado o resultado do trabalho final de curso de um aluno da Engenharia Mecatrônica, Vitor Simões Ribeiro, intitulado "Thermoelectricity using Peltier pellets", no qual foi estudada a geração de energia elétrica por calor rejeitado de diversas fontes.

 

 

Por Pedro Lima

registrado em: ,