Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Muriaé > Horta Agroecológica na Escola: Campus Muriaé inicia Projeto de Extensão
conteúdo

Geral

Horta Agroecológica na Escola: Campus Muriaé inicia Projeto de Extensão

Iniciativa de extensão do Campus Muriaé, em parceria com uma Escola Municipal, atende 24 alunos do 8º e 9º anos do ensino fundamental.
publicado: 21/08/2019 11h59, última modificação: 21/08/2019 12h10
Exibir carrossel de imagens Alunos adolescentes visitam horta.

Alunos adolescentes visitam horta.

O “Projeto Piloto: Horta Agroecológica na Escola” é uma iniciativa de extensão do Campus Muriaé do IF Sudeste MG, em parceria com a Escola Municipal Sérgio Lúcio Fernandes Amaral, localizada no distrito de Pirapanema. O Projeto atende 24 alunos do 8º e 9º anos do ensino fundamental. Serão realizados 10 encontros quinzenais, às quintas-feiras, de 13 às 15 horas, até dezembro deste ano. A cada encontro será trabalhado um tema sobre horta agroecológica, sendo uma parte teórica e outra prática. Haverá ainda a construção de uma horta em conjunto com os alunos.

O objetivo principal do projeto é promover a agroecologia e incentivar a alimentação saudável nas escolas. Para além, o projeto alcança um segundo objetivo que é a divulgação da Instituição e de seus cursos, uma vez que alunos do 9º ano podem prestar o Processo Seletivo e ingressar no IF Sudeste MG.

Os trabalhos do Projeto começaram este mês: No dia 13, foi realizada uma reunião de apresentação com os pais dos alunos. No dia 14, os alunos estiveram na Unidade Rural do Campus Muriaé, para assistir uma palestra, conhecer a unidade e os modelos de cultivo que poderão ser desenvolvidos. O Professor Doutor José Luiz de Freitas Paixão proferiu uma introdução sobre a temática, os princípios da agroecologia e os modelos de cultivo.

Trata-se de um projeto piloto. Segundo seu coordenador, Joseli Marcos Carvalho, as experiências e o aprendizado absorvidos neste piloto servirão para elaborar, em 2020, um projeto mais robusto, que atenda a mais escolas de Muriaé.

O projeto conta com a participação da equipe da CDC, Coordenação de Desenvolvimento de Campo, da equipe Pedagógica e dos Docentes do Curso Técnico Integrado de Agroecologia do Campus Muriaé. A CDC é responsável pela elaboração e execução do projeto e a equipe Pedagógica pelo acompanhamento e avaliação. Segundo Simone Cristina Souza Barros, Diretora da Escola Municipal Sérgio Lúcio Fernandes Amaral, o acompanhamento pedagógico é muito importante, pois além de trabalhar os princípios agroecológicos, o trabalho em equipe e a produção de alimentos saudáveis, a proposta vai de encontro a uma abordagem de trabalho interdisciplinar com a temática. O projeto da horta na escola traz a possibilidade de os professores trabalharem conteúdos relacionados ao tema do projeto.

Desenvolver projetos de extensão consta entre as finalidades e os objetivos dos Institutos Federais, conforme art. 6º e 7º da Lei Nº 11.892/2008. Segundo o CONIF (2012) “A extensão é compreendida como o espaço em que as instituições promovem a articulação entre o saber fazer e a realidade sócio-econômica, cultural e ambiental da região. Educação, Ciência e Tecnologia devem se articular tendo como perspectiva o desenvolvimento local e regional, possibilitando assim, a imbricação/interação necessária à vida acadêmica”.

registrado em: ,