Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Ubá > 2021 > IF Sudeste MG convida para palestra sobre racismo algorítmico
conteúdo

Geral

IF Sudeste MG convida para palestra sobre racismo algorítmico

Preconceito reforçado por tecnologias digitais será assunto de evento em dia 3 de novembro. Palestra é voltada aos públicos interno e externo.
publicado: 22/10/2021 12h08, última modificação: 29/10/2021 13h16
#pratodosverem: a imagem é uma arte gráfica quadrada de divulgação da palestra. As cores predominantes são rosa e preto. Na parte superior (em preto), além do título da palestra, aparece a palavra "live" no canto superior direito. Na parte inferior da imagem (em rosa), aparecem informações como nome e currículo do palestrante, além de data e horário do evento. Na parte central da arte, mais à esquerda, há um círculo com a foto do especialista convidado. No canto inferior direito, há a logomarca do IF Sudeste MG e o nome do setor organizador (Neabi - Campus Avançado Ubá).

#pratodosverem: a imagem é uma arte gráfica quadrada de divulgação da palestra. As cores predominantes são rosa e preto. Na parte superior (em preto), além do título da palestra, aparece a palavra "live" no canto superior direito. Na parte inferior da imagem (em rosa), aparecem informações como nome e currículo do palestrante, além de data e horário do evento. Na parte central da arte, mais à esquerda, há um círculo com a foto do especialista convidado. No canto inferior direito, há a logomarca do IF Sudeste MG e o nome do setor organizador (Neabi - Campus Avançado Ubá).

Sabia que os algoritmos das redes sociais são capazes de favorecer o racismo, diminuindo a visibilidade de conteudistas negros e até mesmo invisibilizando publicações? O combate a toda forma de preconceito e discriminação é um dos nortes do IF Sudeste MG. Assim, o “Racismo Algorítmico” será tema de palestra promovida pelo Campus Avançado Ubá. O evento gratuito e online acontece no dia 3 de novembro, às 20h, pelo canal oficial da instituição no Youtube. Não há necessidade de fazer inscrição. O objetivo de despertar a curiosidade sobre o tema e promover um novo olhar questionador com relação ao racismo para a comunidade acadêmica, principalmente, alunos das áreas que envolvem Comunicação e Informática.

O especialista convidado é o professor da Universidade Federal do ABC (UFABC), Tarcízio Roberto Silva (UFABC), referência em pesquisas na área. A palestra, que também se configura ação de extensão, tem como objetivo despertar a curiosidade sobre o tema e promover um novo olhar questionador com relação ao racismo, principalmente para os estudantes das áreas que envolvem comunicação e informática. Com a consolidação dos NEABIs (Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros e Indígenas) no IF Sudeste MG, é de extrema importância trazer para a comunidade questionamentos com relação à temática, como destacam representantes do NEABI - Campus Ubá. 

Eles relatam, ainda, que o racismo algorítmico foi alvo de muitos debates no ano de 2020 e que instituições como o IF Sudeste MG têm o papel de fomentar tais discussões.  “A tecnologia digital permeia muitas práticas sociais e provoca modificações nas interações humanas. Por essa razão, é de extrema importância desenvolvermos um olhar crítico para as plataformas e aplicativos que fazem parte do cotidiano.” 

Mais sobre o palestrante 

Tarcízio Silva (@tarciziorsilva no Instagram) é pesquisador, produtor cultural e mestre em Comunicação e Cultura Contemporâneas pela UFBA; como doutorando em Ciências Humanas e Sociais na UFABC, estuda imaginários sociotécnicos de resistência. Atualmente, é Tech + Society Fellow pela Fundação Mozilla, atuando em promoção de segurança digital e defesa contra danos algorítmicos. Liderou times de inteligência digital e pesquisa em agências como PaperCliQ e IBPAD, da qual é também sócio e cofundador. Anteriormente, organizou publicações como Comunidades, Algoritmos e Ativismos digitais: olhares afrodiaspóricos (LiteraRUA, 2020), Estudando Cultura e Comunicação com Mídias Sociais (Editora IBPAD, 2018) e Monitoramento e Pesquisa em Mídias Sociais: metodologias, aplicações e inovações (Uva Limão, 2016).