Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Barbacena > Núcleo de Química irá produzir álcool líquido glicerinado a 70% e sabão. Saiba como ajudar!
conteúdo

Geral

Núcleo de Química irá produzir álcool líquido glicerinado a 70% e sabão. Saiba como ajudar!

Produção de álcool líquido glicerinado a 70% e sabão para doações. As servidoras do núcleo de química irão montar kits de higiene e limpeza para serem distribuídos à famílias de baixa renda e entidades carentes.
publicado: 08/04/2020 16h24, última modificação: 06/05/2020 16h04

Profissionais do Núcleo de Química irão produzir álcool líquido glicerinado a 70% e sabão para doações. Serão montados kits de higiene e limpeza para serem distribuídos à famílias de baixa renda e entidades carentes. Para que o trabalho seja feito, o Núcleo de Química necessita de doações de óleo vegetal usado (apenas de uso doméstico), frascos de plástico  que sejam bem vedados para armazenamento (usados ou não) e álcool etílico. 

Na primeira etapa, serão produzidos 30 litros de álcool líquido glicerinado a 70%, 30 litros de sabonete líquido e 100 barras de sabão ecológico, suficientes para a montagem de 100 kits de higiene e limpeza. A equipe estará dividida em grupos de no máximo três pessoas, que trabalharão em escala, para evitar a aglomeração. Os profissionais estarão de jalecos, luvas e máscaras. Além disso, irão manter o distanciamento uns dos outros.

O sabonete líquido e o álcool glicerinado a 70% servirão para higiene pessoal como recomendado pelos órgãos de saúde. Já o sabão ecológico, produzido à partir de óleo vegetal usado, irá auxiliar principalmente na higienização de utensílios domésticos e lavagem de roupas, de modo geral. 

Para os que têm interesse em fazer as doações, os produtos podem ser entregues de segunda a quarta-feira, de 8h às 18h, no cômodo de apoio à vigilância (Portaria da Sede do IF Sudeste MG - Campus Barbacena).

A equipe é composta por professores e técnicos do Núcleo de Química: Adalgisa Reis Mesquita, Cássia Gonçalves Pereira, Cristiane de Melo Cazal, Elisa Helena da Costa Morais, Flávia Santos da Silva, Gabriel Christiano da Silva, Joyce Barbosa Salazar, Leandra de Oliveira Cruz da Silva, Lilian Guiduci de Melo e Vanézia Liane da Silva. 

O álcool em gel não deve ser feito em casa. Quais são as diferenças do álcool que o Núcleo de Química irá produzir? 

Os noticiários estão constantemente alertando sobre o perigo de produzir álcool em gel caseiro. Além de ser perigoso para a saúde, ele pode não proteger contra o coronavírus e até potencializar sua ação.

Cristiane Cazal, professora de Química do Campus Barbacena, afirma que, normalmente, na produção do álcool em gel caseiro, o que se vê é uma mistura inadequada de gel de cabelo com álcool comum, que não preserva as propriedades antissépticas.“Nós iremos produzir o álcool líquido glicerinado a 70%, que tem propriedades hidratantes. No nosso caso, seguiremos protocolo da ANVISA, adotando todos os padrões de qualidade e segurança ao consumidor. Além de todos os profissionais serem técnicos ou graduados em Química”. 

Confira também:

Programa Mulheres Mil confecciona máscaras para doações

Campus Barbacena recebe doações para a quarentena

 Texto: Marcela Souza Revisão: Coordenação de Comunicação

registrado em: