Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Santos Dumont > Projetos do IF Sudeste MG combatem a Covid-19 e seus efeitos em Santos Dumont
conteúdo

Pesquisa

Projetos do IF Sudeste MG combatem a Covid-19 e seus efeitos em Santos Dumont

por Daniel dos Santos Leite publicado: 11/05/2020 15h39, última modificação: 29/05/2020 15h02
Iniciativas atuam sobretudo em duas frentes: apoio ao sistema de Saúde e ajuda à população em vulnerabilidade social

Com as aulas suspensas por conta da pandemia do novo coronavírus, o Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais (IF Sudeste MG) presta sua contribuição à sociedade fora das salas de aula e laboratórios. Em Santos Dumont, assim como nos outros municípios em que atua, a instituição realiza projetos e campanhas que se baseiam em recursos disponíveis, conhecimento e solidariedade. São duas as prioridades do Instituto Federal neste momento em Santos Dumont: apoio técnico ao sistema de Saúde e ajuda econômica às famílias em situação de vulnerabilidade social.

Uma das primeiras ações foi liderada pela professora e engenheira mecânica Lívia Ávila, que em março iniciou uma produção, em impressora 3D, de protetores faciais para utilização pelos profissionais de Saúde. Na primeira fase da ação, cerca de 100 unidades de equipamentos de proteção individual foram doadas a profissionais em Santos Dumont (em sua maioria) e Leopoldina. Inicialmente ligada ao Projeto Hígia, do grupo Women in 3D Printing Brazil, a proposta se expandiu e agora está oficialmente registrada como projeto de extensão do IF Sudeste MG.

EPI.jpeg
#pratodosverem: Imagem mostra protetores faciais produzidos pela professora Lívia em Impressora 3D

Trata-se do IFight, coordenado pela professora Lívia e com o apoio da servidora Iara Nascimento. O nome da iniciativa faz referência à luta contra o novo coronavírus. Além dos protetores faciais, serão produzidos máscaras de tecido, aventais, pantufas e toucas, também para distribuição gratuita entre profissionais de Saúde. Para que o projeto seja mais eficiente em todas as suas etapas, a equipe conta com voluntários da população sandumonense. É possível se cadastrar para contribuir em corte, costura, embalagem e distribuição a partir de um formulário disponível no link bit.ly/IFightSD.

Um dos alunos bolsistas da ação, Breno Lamy, do terceiro ano do curso técnico em Mecânica integrado ao Ensino Médio, ressaltou em vídeo de divulgação, disponível nas redes sociais do IFight e do Campus Santos Dumont, que a iniciativa seguirá os protocolos de segurança e que muitas pessoas poderão ajudar sem sair de casa: "nosso projeto vai disponibilizar todo o material de que vocês (voluntários) precisarem. Além disso, vamos à casa de vocês para entregar esse material".

Manutenção a serviço da Saúde Pública

Outro projeto já aprovado do Campus Santos Dumont diz respeito à manutenção elétrica ou mecânica de equipamentos de hospitais e unidades básicas de Saúde. Os professores Carlos Artur Leal, Sandro Baldo e Philipe Pacheco, ao identificarem que vários itens precisam de reparos para ficarem novamente à disposição de médicos, enfermeiros e pacientes, decidiram, também com o auxílio de alunos bolsistas, prestar esse serviço. A ideia é já iniciar o trabalho nesta semana. 

De acordo com o professor Carlos, coordenador do projeto de extensão, o Hospital de Misericórdia de Santos Dumont apontou 33 itens que precisam de reparos, como macas, camas, berço aquecido e aspirador de secreção. O servidor do IF Sudeste MG lembrou que mesmo os ajustes mais simples podem fazer diferença, não apenas, mas especialmente neste período em que se prevê o aumento da demanda por serviços de Saúde (até domingo, 10 de maio, o boletim da Prefeitura de Santos Dumont apontava 20 casos confirmados da Covid-19 no município, sendo 12 ativos, com a maioria dessas pessoas em isolamento domiciliar). "Se consertarmos uma maca, por exemplo, haverá mais um lugar, nem que seja um leito simples ou provisório, para receber um paciente. Uma maca ou uma cadeira em que ele puder esperar um atendimento já é uma ajuda inicial", comentou.

solda.png
#pratodosverem: Imagem mostra aluno do IF no Laboratório de Soldagem. Foto: (Gilson Júnior / Arquivo Campus Santos Dumont)

Além disso, o projeto está totalmente conectado à formação dos estudantes que dele participarem. "Os bolsistas vão atuar praticando diversos conhecimentos a que eles têm acesso nos cursos técnicos: soldagem, hidráulica e pneumática, usinagem, ajustagem e planejamento de manutenção e materiais de consumo. E eles também vão praticar cidadania, a própria ideia de que eles podem fazer a diferença para a sociedade, podem contribuir", completou o professor. Como o projeto prevê oito meses de atividades, a intenção é não se restringir ao Hospital de Misericórdia e, na medida do possível, apoiar outras unidades de Saúde, inclusive de cidades vizinhas.

Apoio econômico

Além de utilizar o conhecimento e os recursos disponíveis, a instituição agrega a solidariedade de todas as pessoas que podem ajudar para prestar apoio econômico a famílias em vulnerabilidade social durante a pandemia. Em andamento em todas as cidades que contam com unidades do IF Sudeste MG, a campanha "Educação e Cidadania" arrecada doações para compra e entrega de cestas básicas com alimentos e kits de higiene à população.

Até a manhã desta segunda-feira (11 de maio), a campanha havia arrecadado valor suficiente para comprar 42 cestas em Santos Dumont, considerando orçamento feito pelo subcomitê local de enfrentamento à Covid-19. Ao mesmo tempo em que agradece a expressiva colaboração que servidores e população em geral já ofereceram, o grupo de trabalho reforça que precisa de mais doações para conseguir atender à demanda das próximas semanas e meses na cidade. Contribuições podem ser transferidas a:

Banco do Brasil
Agência: 1615-2
Conta corrente: 22832-X (quando o sistema não aceitar letra, digite 0 em vez de X)
Favorecido: Fundação de Apoio e Desenvolvimento ao Ensino, Pesquisa e Extensão (FADEPE)
CNPJ: 00.703.697/0001-67

50235c2c-5abb-4388-92b3-fde864b72338.jpg
#pratodosverem: imagem mostra policiais militares de Meio Ambiente, aluna Suellen Caetano (pós-graduação do Campus Santos Dumont) e funcionárias da Biblioteca Comunitária Tia Deca (comunidade de Corujas) durante entrega de doação de alimentos e livros. Foto: Conrado Luciano Baptista (aluno da pós)

Especificamente para questões relacionadas à atuação do subcomitê, caso tenha dúvidas, entre em contato por coronavirus.santosdumont@ifsudestemg.edu.br.

Outras ações

Em iniciativa independente, a turma da pós-graduação em Práticas Pedagógicas na Educação Contemporânea realizou uma campanha para doação de cestas básicas a comunidades quilombolas de Santos Dumont. No total, as comunidades de Corujas e São Bento, do distrito de Dores do Paraibuna, receberam 60 cestas. A entrega teve o apoio da Polícia Militar de Meio Ambiente.

Está em andamento também a seleção para o auxílio emergencial que será concedido pela Assistência Estudantil a alunos do IF Sudeste MG. Para discentes do Campus Santos Dumont, são 92 bolsas de R$200,00 mensais, durante três meses.

A instituição poderá promover outras iniciativas de enfrentamento à pandemia. As páginas do Campus Santos Dumont as divulgarão sempre que forem formalizadas.