Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Reitoria > IF Sudeste MG é representado na Semana Internacional do Café 2022
conteúdo

Geral

IF Sudeste MG é representado na Semana Internacional do Café 2022

A professora Danielle Baliza, do Campus Bom Sucesso, representou o IF Sudeste MG na maior feira do café da América Latina, a SIC 2022

A Semana Internacional do Café (SIC) 2022 aconteceu entre 16 e 18 de novembro, em Belo Horizonte. A SIC, maior feira de café da América Latina e uma das maiores do mundo, promove o encontro de profissionais que têm o objetivo de conectar e gerar oportunidades para toda a cadeia do café brasileiro no acesso a mercados, conhecimentos e negócios. A feira oferece palestras, cursos, workshops, competições, provas de café, pesquisas e degustações orientadas. 

O IF Sudeste MG na SIC

O café tem grande importância para o IF Sudeste MG, que, no Campus Manhuaçu, conta com o curso técnico em Cafeicultura e a pós-graduação em Cafeicultura Sustentável. O tema também é assunto de pesquisas e projetos de extensão, como é o caso da professora do Campus Bom Sucesso, Danielle Baliza, que tem “mulheres rurais” e “mulheres na cafeicultura” como algumas de suas frentes de trabalho. 


Mesa de abertura do evento

E foi a professora Danielle que representou não só o IF Sudeste MG, como também a participação feminina no universo da cafeicultura, que tem predominância de homens:

“Eu fiz parte da mesa de abertura da SIC e eu era a única mulher. Estava entre autoridades, como o presidente do sistema FAEMG (Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Minas Gerais), o superintendente do SEBRAE (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), o presidente da OCEMG (o Sindicato e Organização das Cooperativas do Estado de Minas Gerais), o secretário de agricultura e deputados. Fui convidada para representar as mulheres na cafeicultura”, conta ela.

Dentro da SIC, em conjunto com outras organizações, o Campus Bom Sucesso organizou o II COOPER GÊNERO, uma ação que reuniu cooperativas e associações de café do Brasil todo a fim de discutir ações voltadas para promover a maior participação das mulheres na cafeicultura. Lá, Danielle Baliza apresentou o “Panorama da participação das mulheres nas cooperativas e associações do setor cafeeiro”. Segundo ela, “o II COOPER GÊNERO teve mais de 100 participantes, de cerca de 30 cooperativas e associações de café do Brasil e foi muito produtivo através da apresentação de pesquisa, dinâmicas e sugestões de ações e projetos para aumentar a participação das mulheres”.

A professora atuou ainda como mestre de cerimônias de um café da manhã da Aliança Internacional das Mulheres do Café - Brasil e comenta sobre a ação: “Tivemos mulheres da cafeicultura de vários lugares do Brasil e do mundo e foi muito bacana, nós tivemos muita visibilidade e levamos o nome do IF Sudeste MG para este importante evento”, comemora Danielle.