Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Rio Pomba > 13 de Dezembro é Dia Nacional da Pessoa com Deficiência Visual. Vamos refletir?
conteúdo

Ensino

13 de Dezembro é Dia Nacional da Pessoa com Deficiência Visual. Vamos refletir?

publicado: 13/12/2021 13h32, última modificação: 13/12/2021 16h00
A data pretende combater o preconceito e a discriminação, além de buscar a garantia de direitos e a inclusão das pessoas com deficiência visual na sociedade

Hoje, dia 13 de dezembro, comemora-se o “Dia Nacional da Pessoa com Deficiência Visual”, antes conhecido como o “Dia do Cego”. Você sabe por que essa data é tão importante?

 

#PraCegoVer #PraTodosVerem: Fotografia colorida de duas mãos posicionadas sobre pontos em alto relevo, conhecido como Sistema Braille, impressos em um papel branco.

Comemora-se, todos os anos, no dia 13 de dezembro, o Dia Nacional da Pessoa com Deficiência Visual. A data existe desde 1961 e foi criada com o intuito de combater o preconceito e a discriminação, além de buscar a garantia de direitos e a inclusão das pessoas com deficiência visual na sociedade. Antes chamado de o “Dia do Cego”, a data mudou de nome porque a deficiência visual não se trata apenas de cegueira, mas também de baixa visão.

No Brasil, de acordo com o Censo 2010 (IBGE), há cerca de 6,5 milhões de pessoas com deficiência visual.

E VOCÊ SABE O QUE É DEFICIÊNCIA VISUAL?

 

#PraCegoVer #PraTodosVerem: Ilustração de fundo azul com o desenho estilizado preto de uma pessoa caminhando com o auxílio de uma bengala; de uma pessoa segurando uma bengala com uma mão e, com a outra, a coleira de um cão-guia; e de uma pessoa segurando uma bengala, caminhando logo atrás de outra, segurando-a pelo braço.

A deficiência visual pode ser definida como a perda total ou parcial da visão e pode ser congênita ou adquirida.

Cegueira é o termo usado para a perda total de visão, o que leva a pessoa a necessitar do Sistema Braille ou de sistemas que verbalizam textos em computadores e celulares para a comunicação de leitura e escrita.

Baixa visão é o termo usado para a pessoa que tem sua função visual comprometida, mas que usa ou é potencialmente capaz de usar a visão para executar algumas tarefas. Seu resíduo visual lhe permite ler impressos com o auxílio de recursos de tecnologia assistiva, como letras ampliadas, lupas e ampliadores de tela, por exemplo.

ATENÇÃO! Pessoas com miopia, astigmatismo ou hipermetropia, que podem ter a visão corrigida por meio do uso de lentes ou cirurgias, não são consideradas pessoas com deficiência visual.

 CORES DAS BENGALAS

 

#PraCegoVer #PraTodosVerem: Desenho estilizado preto de pessoas caminhando em um piso tátil amarelo, com o auxílio de uma bengala. A pessoa cega segura uma bengala branca, a com baixa visão, uma bengala verde e a pessoa surda e cega, uma bengala branca e vermelha.

CÃO-GUIA

 

#PraCegoVer #PraTodosVerem: Ilustração colorida de uma mulher segurando uma bengala com uma mão e, com a outra, a coleira de um cão-guia.

A Lei n° 11.126/2005 é clara: a pessoa com deficiência visual usuária de cão-guia tem o direito de ingressar e permanecer com o animal em todos os locais públicos ou privados de uso coletivo, o que inclui restaurantes, táxis, ônibus, supermercados, etc.

O cão-guia tem a responsabilidade de guiar a pessoa com deficiência visual para qualquer lugar, sendo treinado para desempenhar com precisão o seu trabalho e garantir a segurança do seu dono.

Apesar de serem super fofos e muito dóceis, não se deve brincar ou fazer carinho em um cão-guia e muito menos oferecer qualquer petisco a ele. Lembre-se que ele está trabalhando e nada deve distrai-lo!

ACESSIBILIDADE NA WEB

 

#PraCegoVer #PraTodosVerem: Quadro preto no qual está escrito, com letras brancas, o texto #PraCegoVer (com destaque para a palavra “cego”, em verde). Ao lado, o desenho de um olho aberto e um traço na diagonal sobre ele.

Você reparou que todas as imagens desta texto estão acompanhadas pelas hashtags #PraCegoVer e #PraTodosVerem e uma breve descrição da imagem? Este é um recurso fundamental para garantir a inclusão digital às pessoas com deficiência visual e tem sido cada vez mais popularizado, tanto como recurso de descrição quanto como forma de chamar a atenção para a acessibilidade na internet.

Sempre que enviar um e-mail com conteúdo visual ou postar uma imagem nas redes sociais, é imprescindível que ela esteja acessível a este público. Para isso, é necessário descrever textualmente as imagens, transformando o visual em texto.

Entender melhor o universo das pessoas com deficiência visual contribui para reduzir o capacitismo e promover a inclusão. Aproveite a data de hoje e reflita sobre o tema!

* Texto escrito por Fernanda Christina dos Santos (Coordenação de Ações exclusivas) e editado pela Ascom