Você está aqui: Página Inicial > Institucional > O Campus
conteúdo

CAMPUS RIO POMBA

O Campus Rio Pomba surgiu, com este nome, a partir da criação dos Institutos Federais em 2008. Porém, nossa história começa bem antes. Em 16 de agosto de 1962, por intermédio do deputado Ultimo de Carvalho junto ao Governo Federal, foi inaugurada a Escola Agrícola de Rio Pomba. Com estrutura de escola-fazenda, o objetivo era oferecer aos jovens uma possibilidade de formação na área agrária, foco da economia local.

Com o passar dos anos, a instituição ganhou nomes diferentes (Ginásio Agrícola, Colégio Agrícola, Escola Agrotécnica Federal), mas sempre visando a capacitação profissional. No final da década de 90, a instituição já não se centrava apenas nos cursos rurais, ofertando outras formações, como na área de informática.

Em 2002, passou a ser Centro Federal de Educação Tecnológica de Rio Pomba (Cefet RP). Isto permitiu a oferta do primeiro curso de graduação: Tecnologia de Laticínios. A partir de 2008, nos unimos à Escola Agrotécnica de Barbacena e ao Centro Técnico Universitário de Juiz de Fora, formando o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sudeste de Minas Gerais.

Quer saber mais sobre nossa história? Navegue por nosso Museu Virtual.

Com esta nova instituição, aumentamos a gama de cursos ofertados. Atualmente, são cerca de 30 formações profissionalizantes presenciais e a distância, de níveis técnico, graduação e pós-graduação (lato e stricto sensu).

Localização

Sobre o Diretor Geral

SOBRE O DIRETOR-GERAL

João Batista Lúcio Corrêa assumiu a Direção-Geral em maio de 2017. Graduado em Agronomia, mestre e doutor em Ciência Florestal pela Universidade Federal de Viçosa (UFV), está vinculado ao Campus Rio Pomba há mais de 10 anos. Já esteve na função de coordenador de curso e como professor em disciplinas do Departamento Acadêmico de Agricultura e Ambiente, como Manejo de Microbacias Hidrográficas, Economia Ambiental e Educação Ambiental.